Páginas

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Idoso morre após tomar vacina de febre amarela

03 de Abril de 2017
Com 19 dias de intervalo, o Estado teve a confirmação da segunda morte por febre amarela. A vítima foi um idoso de 69 anos, cujo nome não foi divulgado a pedido da família e que morreu na quinta, dia 30, após ter tomado a vacina, no dia 19.
Ele estava internado no CHN (Complexo Hospital de Niterói) e era morador de Silva Jardim, onde havia sido imunizado. A cidade, a 113 km da capital, é vizinha a Casimiro de Abreu, onde foram confirmados os primeiros casos de febre amarela no Estado e também a primeira morte- de Watila Santos, 38 - registrada no dia 11 de março.
"Exames iniciais deram negativo para dengue, zika e chikungunya e positivo para febre amarela. Esperamos o resultado do teste que vai revelar se ele foi infectado pelo vírus vacinal ou silvestre", informou Tereza Abrahão Fernandes, secretária de Saúde de Silva Jardim.
Caxias tem suspeita
O Grande Rio tem o primeiro caso suspeito de febre amarela, de uma paciente de 31 anos, em Duque de Caxias. Ela foi internada no hospital Adão Pereira Nunes, domingo. O risco seria baixo, e os exames devem ficar prontos em sete dias.